segunda-feira, 23 de abril de 2012

6º Capitulo - Saída de raparigas (Parte I)



Quando estávamos a ir para casa, já com o Liam e o Niall no nosso pois o Harry tinha ido embora com a Colbie. Eles estavam todos muito divertidos a cantar as músicas que passavam na rádio e a Nicole estava ainda mais felicíssima pois encontrava-se no colo do Zayn. Tinha de ter uma conversa muito séria com aquela menina a respeito do Zayn.

- Mia, Mia! – a Nicole tinha-me chamado, olhei para trás pois ia no banco da frente – acabei de ter uma excelente ideia!

- Então diz lá? – quando aquela miúda tinha ideias era sinal de que não vinha coisa nada boa – o que é que andas a magicar? – ela tinha aquela cara de quem estava a pensar nalguma coisa pervertida

- Noite de raparigas! – disse ela abrindo os braços – O que achas? Para recordarmos os velhos tempo? – eu conhecia muito bem aquele olhar. A ideia era excelente, precisava mesmo de desanuviar e ir sair á noite parecia-me a solução ideal.

- O que tu queres sei eu, mas pode ser – acabei por dizer a rir – mas é para chegarmos só de manhã ouviste?

- Up all night Mia… - os rapazes começaram a rir e só percebi o porquê quando ela me disse que era assim que se chamava o álbum deles – Lou, podes-nos deixar em minha casa? Para podermos vestir e depois íamos para vossa casa para jantarmos. Pode ser?

- Sim sim! – respondeu rapidamente o Louis – Porque eu quero saber como é que vocês saem de casa, se vão apropriadas…não quero os rapazes todos a olharem para vocês – ele olhou para mim e sorriu. Era impossível não corar com uma afirmação daquelas. Ele era mesmo um doce, o sonho de qualquer rapariga. E aquele sorriso era magnífico.

- Exactamente Louis, concordo plenamente contigo! – a voz do Zayn fez-se ouvir no carro. Todos olharam para ele surpreendidos com a sua afirmação o que o deixou um pouco encavacado e á Nicole também.

- Isto de estarmos apaixonados é outra coisa…só faltamos nós Niall…  - não consegui deixar de rir com a afirmação do Liam

***

Encontrava-me num grande dilema. Não sabia o que vestir, já tinha tirado umas quantas peças do armário e nenhuma me agradava.

- Não sei o que hei-de levar Nicole… - gritei do meu quarto para que a Nicole que estava no dela, ouvisse. Ela rapidamente apareceu no meu quarto e olhou para mim espantada – o que foi? Que cara é essa?

- Como é que não sabes o que vestir? – ela virou-se para o meu armário e tirou de lá um vestido preto que eu tinha comprado recentemente – miúda, com este tu vais arrasar! – disse ao mesmo tempo que mo punha á frente – quem me dera ter metade da tua beleza…

- Achas mesmo? – perguntei algo receosa – e tu és muito mais bonita que eu. Eu não sou nada de especial…

- Não és nada de especial? Tu arrasas por onde quer que passes. Agora uma coisa que me surpreende é estares receosa, não me digas que queres impressionar o Louis? – como é que era possível que todos pensassem que havia alguma coisa entre mim e o Louis?

- Tu também Nicole? Eu e o Louis somos só amigos! – respondi de forma bastante convincente, já me bastava ter o Harry a achar que tínhamos alguma coisa.

- Pois claro, deves pensar que nasci ontem. Eu vejo muito bem, vais-me dizer que ele te é indiferente? Que não sentiste nada quando ele te agarrou na mão para ficarem juntos no Bowling? Eu vi tudo…

- Ok, ele não me é indiferente, é verdade, ele mexe um pouco comigo. – tinha que admitir que quando ele olhava para mim com aqueles olhos lindos de morrer e com aquele sorriso fazia-me sentir maravilhosamente bem –  Ele é bonito, tem um sorriso magnífico, um olhos perfeitos, é um querido e um doce, para além de ter um corpo fantástico. Mas o problema sou mesmo eu, não o consigo ver como um possível namorado… - era impossível não pensar no Harry em todos os segundos da minha vida, era impossível esquecer o Harry e tudo o que ele me faz sentir.

- Porquê Mia? Vocês são bastante parecidos, teriam tudo para dar certo…

- Porque ando confusa e por muito que não queira… - fiz uma pausa – … o meu coração está ocupado e tão cedo não parece que ficará desocupado… - não conseguia esconder a tristeza em que se encontrava o meu coração e a minha vida. A Nicole veio ter comigo e abraçou-me, estava mesmo a precisar do abraço da minha amiga

- Queres falar? – disse ela depois de me abraçar

- Eu preferia não falar, se não te importares. Acho que ainda não estou preparada para falar sobre esse assunto… - respondi com sinceridade. Não queria de todo falar ainda.

- Claro que não me importo amor… - ela ia voltar para o seu quarto mas eu não deixei, havia ainda um assunto que precisava de falar com ela

- Espera Nicole. Tu não tens nada para me dizer?

- Como assim?

- Então tu acabaste de me dar conselhos para avançar, mas quando se trata de ti, estás quietinha. – ela continuava sem perceber – tu e o Zayn! – respondi como se fosse a coisa mais óbvia do mundo.

- Eu não gosto do Zayn. – disse ela muito rapidamente e a corar, o que significava que estava a mentir – Ok, eu gosto do Zayn. – não me pareceu lá muito convincente –  gosto mesmo muito do Zayn – acabou por dizer – fogo miúda és mesmo chata.

- Mas porque é que não avanças? Ele parece gostar de ti…eu sei que não estou cá á muito tempo mas pelo que vi, acho que ele se sente atraído por ti. Para além de que o Louis também me disse o mesmo…

- Ai o Louis! – ia falar mas ela não me deixou – já me calei! – disse a rir. Aquela miúda era impressionante – Quanto ao Zayn, tenho medo que ele não sinta o mesmo que eu percebes? E que depois perca a amizade dele. Além disso ele é famoso, tem imensas raparigas atrás dele. Não se vai interessar por mim…   

- Isso pensas tu… - ao mesmo tempo que lhe piscava o olho

***

Tocámos á pronta da casa dos rapazes e quem nos veio abrir a porta foi o Niall. Ele trazia qualquer coisa na mão, devia estar a comer. Olhou-nos de cima a baixo como se nos tivesse a inspecionar e depois falou.

- Vocês devem pensar que eles vos vão deixar sair assim? – soltando uma gargalhada no final – bem não vão ter sorte nenhuma.

- Isso é o que vamos ver! – respondeu a Nicole passando pelo Niall. Fechei a porta atrás de mim e fui ter com eles á cozinha pois já estavam á nossa espera para jantar. Assim que entrei os olhos de todos os presentes na cozinha ficaram fixados em mim até que o Louis se levantou

- Nem pensar. Está fora de questão saírem sozinhas… - fiquei estranhamente a olhar para o Louis – ainda vos acontece alguma coisa…

- Oh tão querido! – disse chegando-me perto do Louis – mas não precisas de te preocupar. Já sou maior de idade e tomo bem conta da menina Nicole. Prometo traze-la inteira para casa… - exclamei num tom sério e responsável

- Mesmo assim. Quando vêm duas raparigas sozinhas vêm logo se meter…não confio neles…

- Louis eu sei tratar muito bem desses tipos, não te preocupes. – puxei uma cadeira para me sentar para jantarmos – Vá, vamos comer e não há mais discussão – o Louis ia refutar a minha ideia mas eu não deixei – Shiu! Está decidido.  – olhei para o Zayn e sorri – E Zayn, prometo que não deixo nenhum rapaz se aproximar da Nicole… - a face do Zayn começou a ficar um pouco mais rosada e as da Nicole também. Ela lançou-me um olhar mortífero mas não liguei.

***

- Eu ainda não acredito que te vou deixar sair sozinha… - a voz do Harry fez-se ouvir pelo meu quarto. Estava a acabar de maquilhar quando olhei para ele. Ele continuava sentado na minha cama com uma cara um pouco abatida e não lá muito contente. Acabei de me maquilhar, dei um último jeito ao cabelo e fui ter com ele. Ele estava com os cotovelos apoiados nas pernas, com um pequeno gesto, fi-lo olhar para mim e sentei-me em cima da perna direita não fazendo muita força.

- Tira essa cara amor… - ao mesmo tempo que brincava com os caracóis dele. Não o conseguia ver assim – é só uma festa Harry. Eu e a Nicole fazemos isto todos os anos para comemorar a nossa amizade… - dei-lhe um beijo na testa enquanto acariciava também a sua face

- Não é isso que me preocupa. Mas sim o facto de todos acharem que estás descomprometida. De certeza que se vão atirar a ti… - fi-lo olhar para mim com a ajuda das mãos

- Confias em mim ou não?

- Claro que confio em ti, só não confio é nos outros...eu vejo muito bem como eles olham para ti. Só me apetece partir-lhes a cara toda… - não consegui deixar de rir, achava uma fofura quando ele ficava com ciúmes – não tem piada Mia. Tu não sabes como me sinto por causa de não poder dizer a todos o quanto és minha.

- Harry por favor. Os outros não me interessam, és tu o único rapaz que me interessa. Não precisas de ficar preocupado. Sou apenas tua, nunca te esqueças disso… - uni os nossos lábios para lhe mostrar o quanto o amava e o quão ele era importante para mim, ao qual ele correspondeu na plenitude

- Eu amo-te muito sabias? – disse depois de quebrar o beijo com um enorme sorriso na cara derretendo-me por completo

- Eu também Harry. Eu também te amo muito… - era sem dúvida a rapariga mais feliz do mundo

***

(…)

Chegámos ao bar, aquilo estava repleto de gente e estava tudo bastante animado. Era mesmo daquilo que precisava para desanuviar de todos os meus problemas. Assim que entramos, começamos a procura de alguma mesa para nos podermos sentar. Como estava cheio era praticamente impossível encontrar um espaço.

- Olha, é o Harry e a Colbie... – assim que a Nicole prenunciou aqueles dois nomes uma pontada de dor bem forte lá no fundo do coração recordou-me todos os meus problemas. Olhei para onde ela estava a apontar e vi-os sentados numa mesa muito contentes – vamos para o pé deles? Eles têm lugares livres… - a Nicole pegou na minha mão e puxou-me por entre a multidão para junto deles. Assim que ele me viu, um formigueiro percorreu todo o meu corpo tal e qual como o olhar dele. E estavam de novo presentes aquelas borboletas no estomago. 


------

Espero que estejam a gostar! É muito importante saber a vossa opinião. =)
Como já devem ter reparado, tenho posto em cada capitulo um pequeno episódio do relacionamento da Mia com o Harry e vou continuar a pôr. É uma forma de conhecerem como era a relação deles antes da Mia ter partido.  Espero que gostem.

Obrigada

Dri

4 comentários:

  1. amo, amo, amo.
    acho a tua fic espectacular. eu nao me dou ao trabalho de comentar as fics que leio mas a tua é arrepiante. quando publicas mais? xx

    ResponderEliminar

Deixa a tua marca xD